Search
Close this search box.

Como saber se o cachorro esta com febre?

Você sabia que os cachorros também podem ter febre? Saber identificar os sinais de que seu pet está com febre é essencial para garantir seu bem-estar e saúde. Neste artigo, vamos compartilhar algumas dicas importantes para ajudar você a saber se o seu cachorro está com febre. Continue lendo para saber mais!

Sintomas de febre em cães

Quando o cachorro está com febre, ele pode apresentar alguns sintomas específicos que podem ajudar a identificar o problema. É importante ficar atento a esses sinais para poder agir rapidamente e garantir o bem-estar do seu animal de estimação.

Os sintomas mais comuns de febre em cães incluem:

  1. Temperatura corporal elevada: uma das maneiras mais eficazes de identificar se o cachorro está com febre é medindo sua temperatura. A temperatura normal de um cão varia entre 37,5°C a 39°C. Se a temperatura estiver acima disso, é um sinal de febre.
  2. Letargia e falta de energia: um cachorro com febre geralmente demonstra falta de energia e parece mais sonolento do que o normal. Ele pode ficar mais quieto, recusar-se a brincar e mostrar-se desinteressado em atividades que antes eram prazerosas para ele.
  3. Alterações no apetite: cães febris muitas vezes perdem o apetite ou comem menos do que o habitual. Eles podem também desidratar-se mais facilmente, por isso é importante garantir que o cachorro esteja se hidratando adequadamente.
  4. Febre acompanhada de outros sintomas: em alguns casos, a febre pode vir acompanhada de outros sinais, como vômitos, diarreia, tosse, espirros, corrimento nasal, falta de ar ou alterações na urina. Esses sintomas podem indicar a existência de uma doença subjacente que precisa ser tratada.

Se o seu cachorro apresentar algum desses sintomas, é importante procurar um veterinário imediatamente. Somente um profissional pode realizar um diagnóstico adequado e prescrever o tratamento correto para a febre e qualquer condição subjacente que possa estar causando o problema.

🎉 Não perca nenhuma novidade! 📰

Assine nossa Newsletter e fique por dentro das últimas atualizações, dicas exclusivas e ofertas especiais.

Junte-se a nós para receber conteúdo selecionado diretamente na sua caixa de entrada. Inscreva-se agora e não deixe escapar nenhuma informação importante!

Newsletter

Formas de medir a temperatura do cachorro

Saber como medir a temperatura do seu cachorro é essencial para identificar se ele está com febre. Existem algumas formas de realizar essa medição de maneira segura e eficaz.

Uma das formas mais comuns é utilizando um termômetro retal. Para isso, lubrifique o termômetro com vaselina ou outro lubrificante à base de água e insira cuidadosamente no ânus do cachorro. Espere cerca de dois minutos e retire o termômetro para verificar a temperatura.

Outra opção é utilizar um termômetro auricular, também conhecido como termômetro de ouvido. Esse método é mais rápido e menos invasivo, porém nem todos os cachorros se sentem confortáveis com esse tipo de medição. Basta posicionar o termômetro na entrada do canal auditivo e aguardar alguns segundos para obter a temperatura.

Quando procurar ajuda veterinária

É fundamental procurar ajuda veterinária assim que você suspeitar que o seu cachorro esteja com febre. A febre, em alguns casos, pode indicar problemas mais sérios de saúde. É importante notar que cachorros não conseguem expressar o que estão sentindo, então cabe aos donos ficarem atentos aos sinais.

Se você observar que o seu cachorro está apresentando alguns dos sintomas de febre em cachorro, como temperatura elevada, letargia, falta de apetite e tremedeira, é necessário agir o mais rápido possível. Lembre-se de que a febre em cachorros pode ser um indicativo de infecções, doenças crônicas ou até mesmo o resultado de algum trauma físico.

O veterinário é o profissional qualificado para avaliar a condição do seu cachorro e determinar o melhor curso de tratamento para combater a febre. Evite administrar medicamentos por conta própria, pois alguns remédios para febre em cachorro podem ser tóxicos e causar danos irreparáveis à saúde do animal. Portanto, mesmo que você possua conhecimento sobre os cuidados com cachorro com febre, consulte um especialista para garantir a segurança do seu pet.

Descubra como adestrar seu cão com o Ebook Adestramento Canino em Casa

Você sabia que é possível transformar o comportamento do seu cão em apenas 20 minutos por dia? O E-book Adestramento Canino em Casa é a ferramenta que você precisa para ensinar seu cão a ser mais calmo, obediente e dócil. Com esse guia exclusivo, você terá acesso a técnicas e segredos para treinar seu animal de estimação com eficácia.

Com 13 comandos básicos e avançados, recompensas secretas que incentivam o bom comportamento, e dicas sobre linguagem corporal canina, este Ebook abrange tudo o que você precisa para se tornar o líder da matilha e garantir a obediência do seu cão. Além disso, os bônus incluídos, como o Checklist de Adestramento Em Casa e o Ebook de Receitas de Petiscos Caseiros para Cachorro, são ferramentas adicionais para auxiliar no treinamento do seu pet.

Como ajudar o cachorro a baixar a febre

A febre em cachorros pode ser preocupante para os proprietários, mas existem medidas que você pode tomar para ajudar seu cão a se sentir melhor. Aqui estão algumas maneiras de ajudar o seu cachorro a baixar a febre:

  1. Ofereça muita água: Para ajudar o cachorro a se manter hidratado, deixe sempre água fresca e limpa disponível para ele. A hidratação adequada pode auxiliar na regulação da temperatura corporal.
  2. Proporcione um ambiente fresco: Mantenha o ambiente em que o cachorro fica refrescante, especialmente se a febre for alta. Coloque um ventilador ou ligue o ar condicionado para reduzir a temperatura ambiente.
  3. Dê banhos de água morna: Se o seu cachorro tolerar, banhos com água morna podem ajudar a baixar a temperatura do corpo dele. Certifique-se de não usar água muito fria, pois isso pode aumentar ainda mais a temperatura interna do cachorro.

Além disso, é importante consultar um veterinário para receber orientações adequadas sobre como tratar a febre do seu cachorro. O profissional poderá recomendar medicamentos específicos e aconselhar sobre outros cuidados a serem tomados.

Lembre-se de observar os sinais de febre em cachorro e monitorar a temperatura corporal regularmente. Essas informações podem ser úteis para o veterinário durante a consulta. Com cuidados adequados e atenção, a febre do seu cachorro pode ser tratada de forma eficaz, ajudando-o a se recuperar mais rapidamente.

Tratamentos caseiros para febre em cachorros

A febre em cachorros pode ser preocupante para os donos, mas existem algumas medidas que podem ser tomadas em casa para ajudar a aliviar o desconforto do animal. No entanto, é importante ressaltar que esses tratamentos caseiros não substituem uma consulta veterinária adequada. Sempre consulte um profissional para obter um diagnóstico correto e um tratamento adequado.

Um dos primeiros passos que você pode tomar é monitorar a temperatura corporal do seu cachorro. Use um termômetro digital específico para animais de estimação e insira-o no ânus do cão. Lembre-se de lubrificá-lo com vaselina ou um gel próprio antes de inseri-lo. Anote a temperatura e, se estiver acima de 39,2°C, isso pode ser um sinal de febre.

Para ajudar a baixar a temperatura, você pode oferecer ao seu cachorro água fresca em abundância e posicioná-lo em um local fresco e arejado da casa. Além disso, é possível umedecer algumas toalhas com água fria e colocá-las sobre o corpo do animal. No entanto, certifique-se de que ele não fique encharcado e troque as toalhas regularmente para manter a temperatura baixa.

Prevenção de febres em cães

como saber se o cachorro esta com febre

A prevenção de febres em cães é uma parte essencial dos cuidados com a saúde do seu animal de estimação. Existem algumas medidas simples que você pode tomar para minimizar o risco de seu cão desenvolver uma febre.

Em primeiro lugar, é importante manter seu cachorro atualizado com todas as vacinações recomendadas pelo veterinário. As vacinas irão proteger seu cão contra doenças que podem causar febre, como a cinomose e a parvovirose.

Além disso, é fundamental garantir que seu cachorro tenha uma dieta equilibrada e nutritiva. Uma alimentação adequada irá fortalecer o sistema imunológico do seu cão, tornando-o menos propenso a febres e outras doenças. Certifique-se de oferecer alimentos de qualidade e sem exageros.

Conclusão

Portanto, ao observar sintomas como nariz seco, aumento da temperatura corporal e letargia, é importante consultar um veterinário para avaliar a saúde do seu cachorro. Ao identificar a febre precocemente, é possível tomar as medidas necessárias para garantir o bem-estar e a recuperação do seu animal de estimação. Lembre-se sempre de estar atento aos sinais e agir rapidamente em caso de dúvidas sobre a saúde do seu cachorro.

🎉 Não perca nenhuma novidade! 📰

Assine nossa Newsletter e fique por dentro das últimas atualizações, dicas exclusivas e ofertas especiais.

Junte-se a nós para receber conteúdo selecionado diretamente na sua caixa de entrada. Inscreva-se agora e não deixe escapar nenhuma informação importante!

Newsletter

Deixe um comentário